JL na Veia – Multiplicando

JL na Veia – Multiplicando

Esta mensagem de Amanda Costa, de Goiânia, mostra os caminhos que a escritora está trilhando, abrindo espaço para seus textos JL.   Curtam.

Abraços,

Edvaldo

**

Cada vez mais tenho implementado o Jornalismo Literário nas minhas escritas. Os caminhos para a publicação tem de fato multiplicado… Além do blog que tenho há mais de 3 anos: http://jornalistaamandacosta.blogspot.com.br/

Duas possibilidades na web se abriram. A primeira veio exatamente, através de um dos seus e-mails enviado para a comunidade JL – sobre o projeto da revista eletrônica: clichetes.com, que desde o ano passado tenho obtido espaço. A última publicação foi o perfil do artista plástico Silvio Di Oliveira. A experiência foi interessante, pois enviei a narrativa, porém a editora (também jornalista literária), Carol Cunha pediu uma descrição melhor do personagem, que resultou nisso: 

“O sol mal bateu a porta do artista e ele já está tomando um café preto, daqueles bem fortes para ficar esperto. Segue para uma ajeitada rápida no visual. Afinal de contas, a vaidade cabe em qualquer idade. Silvio Di Oliveira dá uma olhada para si mesmo e através da imagem refletida no espelho do banheiro, ajeita o cabelo com as próprias mãos. “É preciso fazer a barba!” Pensamento vagueia e ele sorri. Despede-se da esposa, mergulhada nos afazeres de casa. Depois de ficar por quase 20 minutos tentando dar partida na Caravan 77, o artista segue sem destino…”

Como utilizo as minhas redes sociais para repercutir acabei sendo convidada para fazer parte de um coletivo de escritores aqui em Goiânia. Vários textos meus já foram publicados. Dentre eles destaco o perfil de Maria:

“Maria, Maria, Maria é sorriso, alma e coração. Jovenzinha arretada se fez mulher na cidade de Porto Nacional, estado do Tocantins. Cigana sensual, casou, descasou e casou de novo. Hoje vive a alegria dos 63 anos bem vividos. Companheira inseparável do marido Severino de vida severina…”

Bem é isso! As novas possibilidades sempre aparecem. A palavra-chave é acreditar!!!

Amanda Costa
Jornalista Literária

Related Articles

Responses

O seu endereço de e-mail não será publicado.