PANDEMIA: FATO, MITO E A COMUNICAÇÃO CONSTRUTIVA

O corpo conceitual e de prática que denominei Comunicação Construtiva, muito apropriado para os dias de hoje, tem base transdisciplinar. Incorpora ao seu modelo perspectiva mítica. Mito não é, em seu contexto, sinônimo de algo falso. Refere-se ao seu significado original, “narrativa com sentido profundo”.

Tem sintonia com uma fala do mitólogo norte-americano Michael Meade, sobre a pandemia:

“Há tempos em que o mito e o fato se encontram. Estamos vivendo uma era em que as crises e os dilemas que enfrentamos alcançam proporções míticas. Chegamos a um ponto crítico na nossa lida com o coronavírus e nos deparamos com as linhas falhas da sociedade, reveladas mais profundamente pela pandemia. Os argumentos atuais, sobre o uso da máscara ou não, só nos distraem de um desmascaramento mais profundo de como valorizamos a vida humana e da necessidade de uma narrativa magnânima da verdade, se queremos desenvolver confiança e encontrarmos modos mais profundos de cura. A falta de verdade e de empatia na vida política só desumanizará a vida e nos dividirá, se não encontrarmos o antídoto em nós mesmos”.

Comunicação Construtiva? Meu webinar:

COMUNICAÇÃO CONSTRUTIVA PARA UMA SOCIEDADE CONSCIENTE

 

Related Articles

Responses

O seu endereço de e-mail não será publicado.